1 de ago de 2013

Vídeo aula de citologia: o citoplasma



O citoplasma

Qualquer célula é formada pelos mesmos componentes básicos: a membrana e o citoplasma. Nas células eucarióticas há também o núcleo. Em uma célula o citoplasma é todo o conteúdo celular existente dentro dos limites da membrana celular. O citoplasma é onde ocorre a maior parte da atividade metabólica da célula.

O citoplasma da célula procariótica

Nas células procarióticas o citoplasma é constituído por uma parte líquida chamada citosol ou hialoplasma onde se encontra mergulhado uma ou mais moléculas de DNA e ribossomos. O citosol é um meio aquoso, ou seja, rico em água, com uma série de substâncias dissolvidas e onde ocorre boa parte do metabolismo celular. Os ribossomos são organelas não membranosas, são constituídos por de RNA ribossômico associados a proteínas e são responsáveis pela produção de proteínas. O DNA está encontra se em contato direto com o citoplasma em uma região chamada nucleossoma. Lembre-se que células procarióticas não possuem o DNA no interior de um núcleo separado do citoplasma.

O citoplasma da célula eucariótica

Nas células eucarióticas o citoplasma é formado por três componentes: o citosol, o citoesqueleto e as organelas celulares. O citosol é um meio líquido, rico em água e substâncias dissolvidas, como sais minerais, aminoácidos e nucleotídeos, onde estão mergulhados os outros componentes citoplasmáticos e o núcleo.
O citoesqueleto é uma malha de proteínas que estrutura o citoplasma sustentando a forma celular, posiciona as organelas celulares, age na movimentação celular, na movimentação das organelas celulares e cromossomos durante a divisão celular. As organelas celulares são estruturas citoplasmáticas mergulhadas no citosol que realizam diferentes funções do metabolismo celular. Há dois grupos de organelas: as não membranosas e as membranosas. As organelas não membranosas, como o próprio nome diz não possuem um envoltório membranoso, portanto estão em contato direto com o citosol. As organelas membranosas possuem um envoltório membranoso semelhante à membrana celular separando o seu interior do citosol. São exemplos de organelas não membranosas: os ribossomos que realizam a produção de proteínas, o centrossoma que age nos processos de divisão celular e na formação de cílios e flagelos. São exemplos de organelas membranosas: o retículo endoplasmático rugoso é realiza síntese de proteínas pelos seus ribossomos aderidos, o retículo endoplasmático liso que realiza síntese de lipídios, o complexo de Golgi que está envolvido com a secreção celular, os lisossomos que realizam a digestão intracelular, os peroxissomos que destroem substâncias tóxicas produzidas pelo metabolismo celular, as mitocôndrias que realizam o processo de respiração celular. E os cloroplastos que são responsáveis pela fotossíntese nas células eucarióticas vegetais. As células vegetais também possuem um grande vacúolo vegetal que armazena várias substâncias.

Resumindo o citoplasma é tudo que se encontra dentro dos limites da membrana celular. É a sede da maior parte do metabolismo celular. Nas células procarióticas não é compartimentalizado por membranas internas e as reações do metabolismo celular ocorrem diretamente no citosol. Nas células eucarióticas o citoplasma é compartimentalizado por várias organelas celulares membranosas que realizam processos metabólicos específicos, possui um citoesqueleto sustentando a forma celular e possui o núcleo que abriga o material genético individualizado do restante do citoplasma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário