14 de jul de 2013

Vídeo aula - Citologia: Estrutura Celular


Na natureza existem milhares de espécies. O estudo com uso de microscópios mostrou que existem dois tipos de células quanto a estrutura, as células procarióticas e as células eucarióticas. Os seres que são formados por uma célula procariótica são chamados procariontes ou procariotos. Os seres que são formados por uma ou mais células eucarióticas são denominados eucariontes ou eucariotos.
As células procarióticas e eucarióticas possuem os mesmos componentes básicos. São constituídas por uma membrana plasmática que delimita os meios extracelular do intracelular. O meio intracelular é chamado de citoplasma. A principal diferença entre os dois tipos celulares está na estrutura do citoplasma. Nas células procarióticas não existem compartimentos internos delimitados por membrana no citoplasma, o material genético, por exemplo, está em contado direto com o citoplasma, por isto se diz que este tipo de célula não possui núcleo verdadeiro. No citoplasma das células eucarióticas existem compartimentos internos delimitados por membranas, o material genético, por exemplo, esta no interior de uma membrana chamada carioteca. A carioteca delimita o núcleo das células eucarióticas e podemos dizer que estas células possuem núcleo verdadeiro. São exemplos destes compartimentos membranosos nas células eucarióticas: o núcleo, o retículo endoplasmático, o complexo de Golgi e as mitocôndrias, entre outros. Em cada um destes compartimentos ocorrem processos bioquímicos específicos.

Podemos classificar os seres vivos quanto ao número de células em duas categorias: os seres unicelulares e os pluricelulares. Os unicelulares são constituídos por uma célula. Os pluricelulares por muitas.

Uma terceira maneira de classificar as células e os seres vivos é quanto à forma de nutrição. Quanto a este critério existem dois tipos de células: as autotróficas e as heterotróficas. As células autotróficas ou organismos autotróficos são aqueles que através de processos metabólicos, ou seja, reações químicas são capazes de produzir o seu próprio alimento, não precisando capturar outros seres vivos para se nutrir. As células heterotróficas ou organismos heterotróficos são aqueles que não conseguem produzir o próprio alimento através do seu metabolismo, sendo necessário o uso de outros seres vivos na alimentação para a nutrição.

Estas classificações auxiliam na diferenciação dos seres vivos nos cinco reinos da natureza. 

  • Os organismos do reino monera são procariontes unicelulares, sendo que as bactérias são heterotróficas e as cianofíceas autotróficas. 
  • Os seres do reino protista são eucariontes unicelulares, sendo que os protozoários são heterotróficos e as algas autotróficas. 
  • Os indivíduos do reino dos fungos são eucariontes, unicelulares, pluricelulares, de nutrição heterotrófica com digestão extracelular extracorpórea. 
  • Os organismos do reino vegetal são eucariontes, pluricelulares e autotróficos.  
  • E os indivíduos do reino animal são eucariontes, pluricelulares de nutrição heterotrófica com digestão intracorpórea.


Lembre-se que os vírus não possuem estrutura celular e nem metabolismo próprio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário